O que a música faz por você (Parte II) - Blog do Cantar-Te - Cantar-Te

Ir para o conteúdo

Menu principal:

O que a música faz por você (Parte II)

Publicado por Hearing Guardian em Informativos · 16/3/2015 20:13:11
Tags: Música


Muitas pessoas aprendem música quando crianças e depois acabam deixando-a de lado por falta de interesse ou de tempo, mas o corpo delas nunca mais esquece o que aprendeu. Não estou dizendo que quem já tocou violão uma vez sempre sabe tocar, como é com a bicicleta, e sim que o treinamento que o corpo recebeu por um tempo nunca mas será esquecido.

O estudo da música realizado quando se é criança ajuda muito no desenvolvimento da audição. Um estudo da Northwestern University, na cidade de Chicago (Illinois, EUA), mostra que os adultos que estudaram música na infância possuem um sistema auditivo mais apurado, já que tal treinamento faz com que a identificação de frequências dos sinais sonoros seja mais facilmente adquirida.

Os pesquisadores comprovaram que a educação musical desde cedo “afina” o ouvido da pessoa naturalmente para sempre. O cérebro é ensinado a diferenciar os comprimentos de onda da série harmônica, por mais que ele faça isso de modo inconsciente.

A pesquisa foi realizada a partir da convocação de 45 jovens que foram separados em três grupos: aqueles sem instrução musical na infância, os que estudaram de um a cinco anos e os que estudaram de seis a onze anos quando crianças, sendo que o começo da instrução musical entre os participantes foi, em média, aos nove anos.


Os 45 jovens foram estimulados a dar respostas a determinados sons dentro de um estúdio. O nível de dificuldade das emissões sonoras foi aumentando aos poucos e, consequentemente, os voluntários dos grupos que estudaram música na infância obtiveram melhores resultados. Deixando bem claro para todos que uma audição apurada faz toda a diferença na vida, pois influencia na sua convivência social e até mesmo no seu equilíbrio.

O mais interessante, é que esse "super poder" não é restrito às crianças. Estudos dessa mesma universidade comprovam que adultos de diversas idades tem um desenvolvimento acelerado das partes do cérebro que percebem a música.

Ainda está em tempo!




Sem comentários

 
Nós no Facebook
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal